Professores de Odontologia formam rede no combate à Covid-19
Cada professor integrante da Rede Odonto Covid fica responsável pelas publicações por uma semana. (Imagem: Depositphotos)

Professores de Odontologia formam rede no combate à Covid-19

Compartilhar

O objetivo do grupo de professores de Odontologia é divulgar informações baseadas em evidências científicas que auxiliem no combate à Covid-19.

Uma das estratégias para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 é disponibilizar informações baseadas em evidências científicas. Mesmo com a quantidade de notícias diárias disseminadas nos canais tradicionais das publicações especializadas, ainda se faz necessário o compartilhamento de informações científicas para que os profissionais da Odontologia possam utilizá-las da melhor forma possível na rotina clínica.

Nesse contexto, visando veicular informações confiáveis relacionadas à prevenção da Covid-19, um grupo de professores universitários de todo o Brasil se uniu, construindo uma rede cujo objetivo é divulgar informações baseadas em evidências científicas sobre a Covid-19. A iniciativa é liderada por Karem Lopez Ortega, professora de Patologia Oral e Maxilofacial da Faculdade de Odontologia da USP, em São Paulo.

O objetivo principal é levar as informações mais importantes ao profissional de Odontologia, sanando dúvidas referentes a temas relacionados à Covid-19, para que o profissional e equipe possam aplicar o conhecimento científico na sua atuação clínica, bem como ser também um disseminador de informações adequadas sobre prevenção dessa doença.

Esse projeto multi-institucional utiliza como estratégia organizacional a revisão crítica da literatura científica, adaptação de linguagem para públicos com diferentes níveis de acesso ao conhecimento, produção de material pedagógico em plataformas virtuais e divulgação em rede social.

Leia também: Qual é a efetividade da UV para biossegurança na Odontologia?

O grupo é formado por 23 professores universitários de 18 instituições de ensino em Odontologia que, unidos aos seus alunos de graduação e pós-graduação, produzem desde abril de 2021 materiais pedagógicos digitais baseados em estudos científicos e uso de linguagem adequada para profissionais da Odontologia.

A informação precisa chegar à ponta para ser utilizada pelo profissional, em prol do melhor tratamento dos pacientes. Partindo dessa premissa, foi escolhida uma rede social bem utilizada como canal de divulgação científica no Instagram, utilizando o perfil @RedeOdontoCovid. A proposta é levar conhecimento científico de qualidade para um maior número de pessoas e de difusão do conhecimento para somar com a Odontologia brasileira.

As principais temáticas abordadas incluem: geração de aerossol no ambiente odontológico, paramentação e desparamentação, uso de respiradores e equipamentos de proteção individual, vacinas, respostas às fake news, entre outros assuntos do momento que podem gerar dúvidas na comunidade odontológica.

Os produtos de natureza pedagógica e informativa dessa estratégia de divulgação possuem dupla contribuição: contemplam a ampliação do universo técnico e cultural para a produção de material voltado a grandes populações, e técnicas de comunicação com ética nas redes sociais aos discentes do projeto. Além disso, essa iniciativa possibilita a ampliação de acesso à informação qualificada, construindo relações de reciprocidade entre universidade, sociedade e serviços, enfatizando a defesa da vida e da cidadania.

Leia também: Equipamento de proteção respiratória (EPR). Quando e como devemos usar?

A divulgação das informações baseadas em evidências científicas tem linguagem simples para atingir dentistas, auxiliares e técnicos em atuação, e está sendo feita diariamente. O grupo acredita que, através de postagens regulares bem elaboradas e com linguagem acessível, os profissionais que atuam na prática pública e privada, mas que não têm familiaridade com termos técnicos relacionados às metodologias científicas, possam compreender com facilidade as mensagens que serão passadas, além de melhorar o nível de biossegurança no seu ambiente de atendimento.

Participam da iniciativa os professores: Alexandre Franco (UCB/DF), Ana Cristina Borges Oliveira (UFMG), Célia Maia (UniMontes), Cristina Guedes (Cesupi), Dmitry Sarmento (UEPB), Erick Pedreira (UFPA), Eveline Turatti (Unifor), Fabricio Bitu (UFC), Felipe Perozzo Daltoé (UFSC), Fernanda Yamamoto (UFG), Janaina Braga Medina (HEMC), Janete Dias Almeida (Unesp-SJC), Jayro Guimarães Junior (Fousp), Jefferson da Rocha Tenório (Fousp), Juliana Schussel (UFPR), Karem López Ortega (Fousp), Matheus Neves (UFRGS), Monica Romero (GerAção Biossegurança), Natalia Andrade (UFSE), Paulo Bráz (Fousp), Paulo Goberlânio de Barros Silva (Unichristus), Thinali Sousa Dantas (Unichristus) e eu, Victor Montalli, representando a SLMandic.

Cada professor integrante da Rede Odonto Covid fica responsável pelas publicações por uma semana e orienta os alunos de graduação e de pós-graduação na produção de conteúdo.

Informação qualificada é uma poderosa arma para combater a pandemia. Por isso, convido você a nos seguir através do perfil @redeodontocovid e ajudar na divulgação dessa importante iniciativa para mais cirurgiões-dentistas. Mais do que um espaço de aprendizado, este é um canal que vai ajudar na promoção da saúde da população e, principalmente, salvar vidas.