Polieteretercetona em prótese sobre implante: uma revisão do escopo

Polieteretercetona em prótese sobre implante: uma revisão do escopo

Compartilhar

Uma seleção dos artigos científicos mais relevantes publicados recentemente nos periódicos internacionais.

Paratelli A, Perrone G, Ortega R, Gómez-Polo M. Polyetheretherketone in implant prosthodontics: a scoping review. Int J Prosthodont 2020;33(6):671-9.

Por que é interessante: o uso de polieteretercetona (PEEK) na Odontologia ainda gera dúvidas na maioria dos clínicos e nem sempre os achados da literatura são consensuais. Assim, os autores realizaram uma revisão de escopo da pesquisa disponível sobre sua aplicação em próteses sobre implantes, destacando possíveis lacunas no conhecimento.

Desenho experimental: a literatura sobre PEEK em próteses sobre implantes publicada até agosto de 2018 foi identificada com uma busca on-line nas bases de dados MEDLINE (via PubMed), Science Direct, Embase (via Ovid) e Google Scholar. Sínteses qualitativas e quantitativas foram realizadas para pesquisas originais.

Os achados: segundo os autores, a quantidade de estudos originais ainda é limitada. O PEEK já foi utilizado na fabricação de estruturas de próteses dentárias fixas suportadas por implantes, pilares de implantes, parafusos de pilar de implante e clipes de retenção de próteses overdenture. Apenas 38% dos estudos eram clínicos, enquanto 15% eram observacionais e 47% eram in vitro. A avaliação preliminar de curto prazo mostrou que as estruturas PEEK apresentam sobrevida satisfatória, mas também taxas de sucesso alarmantes ao longo do primeiro ano de serviço. Os estudos não permitiram avaliação em longo prazo.

Conclusão: diante da escassez de evidências sobre a viabilidade do PEEK como um material protético, seu uso ainda não pode ser endossado. Os médicos devem seguir os protocolos sugeridos para melhorar o desempenho mecânico e diminuir a incidência de complicações protéticas. Mais pesquisas de alta qualidade são necessárias para uma melhor compreensão da viabilidade do material.

Veja o artigo original aqui.