Mudanças na comunidade bacteriana após terapia periodontal com e sem antibióticos sistêmicos

Mudanças na comunidade bacteriana após terapia periodontal com e sem antibióticos sistêmicos

Compartilhar

Uma seleção dos artigos científicos mais relevantes publicados recentemente nos periódicos internacionais.

Dilber E, Hagenfeld D, Ehmke B, Faggion Jr. CM. A systematic review on bacterial community changes after periodontal therapy with and without systemic antibiotics: an analysis with a wider lens. J Periodont Res 2020;55:785-800.

Por que é interessante? O objetivo da revisão sistemática foi fornecer uma visão abrangente sobre mudanças na comunidade microbiana após a terapia periodontal com e sem antibióticos sistêmicos, conduzida em ensaios clínicos randomizados.

Desenho experimental: a pesquisa foi realizada nas bases de dados PubMed, Scopus, Web of Knowledge, no banco de dados da Cochrane Oral Health Library, literatura cinzenta e pesquisa manual, a qual incluiu estudos até dezembro de 2018 que relatavam pelo menos duas bactérias antes e depois da terapia periodontal. As informações foram extraídas e uma análise descritiva da comunidade microbiana foi conduzida para observar tendências e fatores que influenciam a dinâmica microbiana.

Os achados: os 30 estudos incluídos relataram 130 gêneros bacterianos, detectados por quatro diferentes métodos (cultivo, reação em cadeia da polimerase, hibridização DNA-DNA-checkerboard e sequenciamento do 16S rDNA). Os resultados sugerem que a dinâmica microbiana após a terapia periodontal é semelhante com e sem antibióticos, e que apenas algumas espécies bacterianas podem ser suprimidas com essa terapia adjuvante.

Conclusão: mudanças microbianas ocorreram independentemente do uso de antibióticos. A terapia antibiótica parece induzir mais alterações em determinadas espécies bacterianas. A heterogeneidade de métodos e relatos dos estudos incluídos impossibilita recomendações clínicas sobre o uso ou não de antibióticos adjuvantes.

Veja o artigo original aqui