Harmonização entre face e sorriso

Harmonização entre face e sorriso

Compartilhar

Harmonização: trabalho restabelece a anatomia dos dentes, devolve a dimensão vertical de oclusão e compensa a assimetria facial e dentária.

 

AUTORES

Kevelin Poliana Palma Rigo Thiesen
Cirurgiã-dentista e mestra em Odontologia – Unioeste.
Orcid: 0000-0002-2007-6091.

Guilherme Schmitt de Andrade
Mestre e doutorando em Odontologia Restauradora – Unesp.
Orcid: 0000-0002-5697-2947.

Vera Lucia Schmitt
Professora associada – Unioeste; Doutora em Materiais Dentários – Unicamp.
Orcid: 0000-0002-9539-4174.

Fabiana Scarparo Naufel
Professora associada – Unioeste; Doutora em Dentística – USP.
Orcid: 0000-0003-0486-8512.

Romeo Carlos Rigo
Cirurgião-dentista e especialista em Implantodontia – ABO.
Orcid: 0000-0002-8921-3154.

RESUMO

Harmonização: a assimetria facial e dentária pode influir diretamente na autoestima e na função mastigatória. Desta forma, este trabalho teve por objetivo restabelecer a anatomia dos dentes, devolver a dimensão vertical de oclusão e compensar a assimetria facial e dentária. Os elementos dentais 14 ao 23 receberam preparos full veneers com profundidade de 0,1 mm a 0,3 mm. Os elementos dentais 17 ao 15 e 35 ao 37 receberam preparos com redução em aproximadamente 0,5 mm até o equador protético do dente. Todas as restaurações cerâmicas foram cimentadas com cimento resinoso. Para os dentes posteriores, foi utilizado um cimento autoadesivo de presa dual (RelyX U200 A2, 3M Espe – St. Paul, EUA); para os dentes anteriores, foi utilizado um cimento fotopolimerizável (RelyX Venner TR, 3M Espe – St. Paul, EUA). Concluiu-se que a anatomia dos dentes, a dimensão vertical e a compensação da assimetria facial e dentária foram restabelecidas, devolvendo a função e um sorriso considerado belo e natural.

Palavras-chave – Assimetria facial; Sorriso; Prótese dentária.

Recebido em set/2019
Aprovado em nov/2019