Doença de coronavírus 2019 (COVID-19): desafios emergentes e futuros para a Medicina Dentária e Oral

Doença de coronavírus 2019 (COVID-19): desafios emergentes e futuros para a Medicina Dentária e Oral

Compartilhar

Uma seleção dos artigos científicos mais relevantes publicados recentemente nos periódicos internacionais.

Meng L, Hua F, Bian Z. Coronavirus disease 2019 (COVID-19): emerging and future challenges for Dental and Oral Medicine. J Dent Res 2020;99(5):481-7.

Por que é interessante: o artigo apresenta conhecimento essencial sobre Covid-19 e infecção em ambientes odontológicos, e fornece protocolos de gerenciamento recomendados para dentistas e estudantes em áreas potencialmente afetadas.

Desenho experimental: este trabalho é uma revisão da literatura sobre Covid-19 feita por um pesquisador de Wuhan (China) que busca reunir diversas informações de maneira direta, como: etiologia viral, característica epidemiológica, meios de transmissão, período de incubação, índice de fatalidade, manifestações clínicas e diagnóstico. Além disso, os autores reuniram algumas recomendações para avaliação dos pacientes, exame intraoral e tratamentos emergenciais na Odontologia.

Os achados: a transmissão da Covid-19 é realizada principalmente por gotículas dispersas durante a respiração e contato. A triagem de pacientes, os cuidados com aerossol e o trabalho a quatro mãos é positivo para o controle da dispersão de saliva. Os autores sugerem ainda que suturas reabsorvíveis sejam utilizadas para evitar uma nova visita apenas para remoção das mesmas, e que itens de proteção, sobretudo os óculos e o face-shield, devem ser sempre utilizados.

Conclusão: devemos estar constantemente cientes das ameaças infecciosas que podem desafiar o controle de infecções, especialmente em consultórios odontológicos e faculdades de Odontologia.

Veja o artigo original aqui.

João Paulo Mendes Tribst
Mestre e doutorando em Odontologia Restauradora, especialidade Prótese Dentária – Unesp/São José dos Campos.