Existem vantagens mecânicas em reembasar o pino de fibra de vidro com resina composta antes de sua cimentação?

Existem vantagens mecânicas em reembasar o pino de fibra de vidro com resina composta antes de sua cimentação?

Compartilhar

Uma seleção dos artigos científicos mais relevantes publicados recentemente nos periódicos internacionais.

Dal Piva AMO, Tribst JPM, Borges ALS, Bottino MA, Souza ROA. Do mechanical advantages exist in relining fiber posts with composite prior to its cementation? J Adhes Dent 2018;20(6):511-8.


Por que é interessante: o pino de fibra de vidro é amplamente utilizado como opção de tratamento pós-endodôntico em dentes que necessitam de restaurações indiretas com retenção adicional. Neste trabalho, os autores demonstraram que, ao nos atermos em reembasar o pino de fibra com resina composta, podemos aumentar a longevidade da restauração.

Desenho experimental: os autores utilizaram uma simulação computacional para demonstrar o efeito do reembasamento com resina composta ao redor do pino de fibra de vidro na diminuição da tensão residual gerada dentro do canal. Em seguida, para comprovar se a menor tensão da camada de cimento poderia promover menor chance de descolamento do pino, os autores realizaram um teste laboratorial. Para isso, 40 pinos de fibra de vidro foram instalados com e sem reembasamento prévio no conduto de dentes bovinos, e um teste de tração foi realizado após fadiga mecânica.

Os achados: os grupos com pinos reembasados apresentaram menor tensão residual na camada de cimento resinoso e maior resistência adesiva para serem removidos do interior do conduto radicular (p < 0.05).

Conclusão: o reembasamento com resina para individualizar o pino de fibra de vidro é uma técnica indicada para melhorar a performance da restauração, pois uma espessura de cimento mais fina diminui as tensões geradas durante a contração de polimerização e, consequentemente, melhora a resistência adesiva.

Veja o artigo original aqui.

João Paulo Mendes Tribst
Mestre e doutorando em Odontologia Restauradora, especialidade Prótese Dentária – Unesp/São José dos Campos.