Uso de impressão 3D para prótese parcial removível

Uso de impressão 3D para prótese parcial removível

Compartilhar

Trabalho insere tecnologia digital e prototipagem através da impressão 3D na execução de caso clínico de reabilitação oral com prótese parcial removível.


AUTORES

Rodrigo Máximo de Araújo
Docente do Depto. de Materiais Dentários e Prótese – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0002-9084-0585.

Lafayette Nogueira Junior
Docente do Depto. de Materiais Dentários e Prótese – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0001-8443-6722.

Marcela Moreira Penteado
Doutoranda do Depto. de Materiais Dentários e Prótese – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0002-0333-5135.

Jéssica Dias Santos
Doutoranda do Depto. de Materiais Dentários e Prótese – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0001-5767-2383.

Natália Inês Gonçalves
Mestranda do Depto. de Materiais Dentários e Prótese – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0001-6911-2391.


RESUMO

A era digital definitivamente se inseriu na Odontologia através do uso de scanner, sistema CAD/CAM e impressão 3D. Considerando que as três etapas clínicas críticas e fundamentais na confecção de uma prótese parcial removível são o ato de moldagem, o enceramento e o ajuste da armação metálica, o objetivo desse trabalho foi inserir a tecnologia digital e a prototipagem através da impressão 3D na execução de um caso clínico de reabilitação oral com prótese parcial removível. Paciente do sexo feminino procurou a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho para reabilitação oral. Sua queixa era dificuldade para mastigar e descontentamento por ter perdido alguns dentes. O tratamento proposto foi a confecção de uma prótese parcial removível utilizando recursos digitais. A paciente foi submetida à moldagem com alginato. O modelo de gesso foi escaneado através de scanner de bancada e um modelo digital foi impresso através de impressora 3D. A armação metálica foi confeccionada a partir do modelo impresso. Ao prová-la em boca, não foi necessário qualquer ajuste. Após montagem dos dentes e acrilização, a prótese parcial removível foi instalada na paciente. Pôde-se concluir que o escaneamento intraoral foi capaz de reproduzir um modelo fidedigno para a confecção da armação metálica.

Palavras-chave – Prótese dentária; Projeto auxiliado por computador (CAD/CAM); Informática odontológica; Impressão tridimensional.


Recebido em dez/2019
Aprovado em jan/2020