Prótese fixa parafusada mandibular com cantiléver e suportada por três implantes em carga imediata: achados interessantes após dez anos não sequenciais

Prótese fixa parafusada mandibular com cantiléver e suportada por três implantes em carga imediata: achados interessantes após dez anos não sequenciais

Compartilhar

Caso clínico descreve uma proposição de carga imediata sobre três implantes dentários na mandíbula de paciente com 62 anos de idade.

Autores

Márcio de Carvalho Formiga
Mestre em Prótese Dentária – SLMandic; Doutor em Periodontia – UNG.
Orcid: 0000-0002-4093-2203.

Bruno Freitas Mello
Mestre em Implantodontia – SLMandic; Doutor em Implantodontia – UNG.
Orcid: 0000-0002-7569-1200.

Gustavo Coura
Meste e doutor em Implantodontia, e pós-doutor em Bioengenharia – UFSC.
Orcid: 0000-0002-6014-3172.

Resumo

Este caso clínico descreve uma proposição de carregamento imediato sobre três implantes dentários na mandíbula. Uma paciente com 62 anos de idade, portadora de prótese total bimaxilar, queixou-se de que era possível sentir a concavidade relativa ao forâmen mentual próximo à crista do rebordo da mandíbula, o que causava dor frente à mastigação. O plano de tratamento consistiu na revisão da prótese total superior e confecção de uma prótese parafusada em carga imediata (até 72 horas), com cantiléveres bilaterais sobre três implantes entre os forâmens mentuais, sendo controlada sequencialmente até o final do primeiro ano. Contudo, ao retornar depois de mais de nove anos, exames clínicos e radiográficos foram realizados e não evidenciaram remodelação óssea excessiva ou qualquer sangramento ou bolsa peri-implantar; havia apenas uma pequena quantidade de cálculo na parte interna e lingual da prótese. Embora o uso de três implantes na arcada mandibular não seja uma terapia recente, os acompanhamentos longitudinais são raros, ainda mais quando não sequenciados. Entretanto, mais estudos são necessários para solidificar o posicionamento destes implantes como uma terapia em larga escala.

Palavras-chave – Mandíbula; Arcada edêntula; Reabilitação bucal; Implantes dentários.

Abstract

This clinical case describes an immediate loading protocol over three dental implants in the mandibular arch. A 62-year-old patient, with complete upper and lower dentures, had complaints of pain on mastication due to the concavity of the mandibular ridge at the area of the mental foramen. The treatment planning consisted of a new upper complete denture and a complete, screw-retained mandibular prosthesis (up to 72 hours) with bilateral cantilever over three dental implants between the mental foramina and followed-up to the end of the first year. Nine years later, surprisingly, her clinical and radiographic exams demonstrated the lack of excessive bone remodeling, bleeding or peri-implant pocket, just a small area of calculus at the intaglio/lingual surface of the prosthesis. Although the use of three dental mandibular implants is not a new therapy, long-term follow-ups are rare, even thus when not sequentially executed. However, more studies are necessary to reinforce it as a large-scale protocol.

Key words – Mandible; Edentulous arch; Oral rehabilitation; Dental implants.

Recebido em jun/2020
Aprovado em jul/2020