O uso da matriz xenógena na mudança do fenótipo gengival de pacientes com recessões gengivais múltiplas em áreas estéticas

O uso da matriz xenógena na mudança do fenótipo gengival de pacientes com recessões gengivais múltiplas em áreas estéticas

Compartilhar

Trabalho relata caso clínico que envolve o uso da matriz xenógena para recobrimento radicular de recessões gengivais múltiplas em áreas estéticas.

Autores

Vitor Artur Miyahara Kondo
Mestrando do programa de Ciências Odontológicas, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0001-9256-1902.

Raphaella Coelho Michel
Doutoranda do programa de Ciências Odontológicas, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0003-0878-1502.

Érika Beatriz Spada de Carvalho
Doutoranda do programa de Ciências Odontológicas, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0003-2513-3240.

Carla Andreotti Damante
Professora associada, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0002-6782-8596.

Adriana Campos Passanezi Sant’Ana
Professora associada, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0001-5640-9292.

Mariana Schutzer Ragghianti Zangrando
Professora associada, disciplina de Periodontia – FOB-USP.
Orcid: 0000-0003-0286-7575.

Resumo

A recessão gengival (RG) caracteriza-se pelo posicionamento apical da margem gengival em relação à junção cemento-esmalte (JCE), com exposição da superfície radicular. O comprometimento estético decorrente das RGs é uma das principais queixas do paciente na busca pelo tratamento. A RG é influenciada pela altura e espessura dos tecidos periodontais, bem como a manutenção de saúde dos mesmos. Recentemente, o termo “fenótipo gengival” foi introduzido na literatura e caracteriza-se pelo volume tridimensional do tecido gengival, ou seja, sua altura, largura e espessura. Estudos mostram que um fenótipo gengival mais espesso possui melhor previsibilidade no tratamento das RGs. Dessa forma, um planejamento adequado de mudança do fenótipo gengival, aumentando seu volume tridimensional, pode ser crucial para o sucesso de um tratamento reabilitador. O objetivo desse trabalho foi relatar um caso clínico que envolve o uso da matriz xenógena Mucograft (MC), para recobrimento radicular de recessões gengivais múltiplas em áreas estéticas, a fim de melhorar o fenótipo gengival. A paciente relatou estar muito satisfeita no pós-operatório, havendo estabilidade dos resultados alcançados graças ao diagnóstico, planejamento e tratamento adequados, e um acompanhamento rigoroso durante o período de um ano.

Palavras-chaveRecessão gengival; Estética dentária; Enxerto xenógeno.

Abstract

Gingival recession is characterized by the positioning of the gingival margin apically to the cemento-enamel junction which exposes the root surface. The aesthetic impairment it’s very common due to gingival recession and it’s the main reason to treat. Gingival recession is influenced by the height and thickness of the periodontal tissues, as well as their health maintenance. Recently, the term “gingival phenotype” has been introduced in the literature and is characterized by the three-dimensional volume of gingival tissue by its height, width and thickness. Studies show that a thicker gingival phenotype has better predictability in the treatment of gingival recession. Thus, proper planning of gingival phenotype change, increasing its three-dimensional volume, may be crucial to the success of a rehabilitative treatment. The aim of this paper is to report a clinical case, which will involve the use of Mucograft xenogenic matrix, for root coverage of multiple gingival recessions in aesthetic areas in order to change the gingival biotype. The patient reported being very satisfied postoperatively, with stability of the results achieved, thanks to proper diagnosis, planning, treatment and close monitoring over a period of 1 year.

Key words – Gingival recession; Dental aesthetic; Xenogenic collagen matrix.

Recebido em set/2019
Aprovado em nov/2019