Aplicabilidade clínica das cerâmicas dentárias quanto às suas propriedades mecânicas

Aplicabilidade clínica das cerâmicas dentárias quanto às suas propriedades mecânicas

Compartilhar

Artigo científico faz uma revisão das indicações das cerâmicas dentárias de acordo com suas propriedades mecânicas. 


AUTORES

Natália Rivoli Rossi
Graduada em Odontologia – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0003-1707-9651.

Osvaldo Daniel Andreatta Filho
Professor assistente doutor em Prótese Parcial Fixa – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0002-8421-4844.

Alberto Noriyuki Kojima
Professor assistente doutor em Prótese Parcial Fixa ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0003-4607-9095.

Renato Sussumu Nishioka
Professor titular em Prótese Parcial Fixa – ICT-Unesp.
Orcid: 0000-0002-1458-601X.


RESUMO

Objetivo: revisar as indicações das cerâmicas odontológicas de acordo com suas propriedades mecânicas. Material e métodos: buscas eletrônicas (PubMed, SciELO e Bireme) foram realizadas entre 1965 e 2020, com as palavras-chave “dental ceramics”, “dental porcelain”, “zirconia”, considerando estudos in vivo, revisões sistemáticas e metanálises, na língua portuguesa e inglesa, completadas por informações contidas em livros pertinentes ao assunto. Resultados: foram selecionados quatro artigos clínicos de caso-controle e 15 artigos laboratoriais. Os estudos avaliaram as propriedades mecânicas e a performance dos sistemas cerâmicos vítreos, policristalinos e com matriz resinosa. Pode-se observar a sobrevivência de infraestruturas anteriores e posteriores a base de dissilicato de lítio de 97,4% após cinco anos e 94,8% após oito anos em boca. Uma prótese parcial fixa de três elementos (canino, segundo pré-molar) em dissilicato de lítio obteve taxa de sobrevivência variando de cinco a dez anos. A zircônia monolítica gerou desgastes similares ou ainda menores contra o esmalte dentário após seis meses-dois anos. A tenacidade à fratura dos materiais cerâmicos foi: porcelanas feldspática (1,2 MPa), as reforçadas por leucita (1,2 MPa), cerâmicas de dissilicato de lítio (2,3 MPa), cerâmica de silicato de lítio reforçada por zircônia (Vita Suprinity = 2,21 MPa), cerâmica de silicato de lítio reforçada por zircônia (Celtra-duo = 2,26 MPa), cerâmicas policristalinas de alumina (3,1 MPa) e zircônia (4 MPa), e as cerâmicas híbridas (1,3 MPa). Conclusão: cabe ao clínico o estudo aprofundado sobre o assunto para selecionar o material mais indicado para o caso que se apresentar em consultório odontológico.

Palavras-chave – Cerâmicas dentárias; Porcelanas; Zircônia.


ABSTRACT

Objective: to review the indications of dental ceramics according to their mechanical properties. Material and methods: electronic searches (PubMed, SciELO and Bireme) were carried out between 1965 and 2020, with the keywords “dental ceramics”, “dental porcelain”, “zirconia”, considering in vivo studies, systematic reviews and meta-analyzes, in Portuguese and English, supplemented by information contained in books relevant to the subject. Results: four case-control clinical articles and 15 laboratory articles were selected. The studies evaluated the mechanical properties and performance of glassy, polycrystalline ceramic systems with resinous matrix. The survival of anterior and posterior infrastructures based on lithium disilicate was 97.4% after five years and 94.8% after eight years in the mouth. A 3-unit fixed partial denture (canine to second premolar) in lithium disilicate had a survival rate ranging from five to ten years. Monolithic zirconia generated similar or even less wear against tooth enamel after six month-two years follow-pu. The fracture toughness of ceramic materials was: feldspar porcelain (1.2 MPa), leucite-reinforced (1.2 MPa), lithium disilicate (2.3 MPa), zirconia reinforced lithium silicate ceramics (Vita Suprinity = 2.21 MPa), zirconia reinforced lithium silicate ceramics (Celtra-duo = 2.26 MPa), polycrystalline alumina ceramics (3.1 MPa) and zirconia (4 MPa), and hybrid ceramics (1.3 MPa). Conclusion: it is up to the clinician to carry out an in-depth study on the subject in order to select the most suitable material for cases presented in their dental offices.

Key words – Dental ceramics; Porcelains; Zirconia.


Recebido em out/2019
Aprovado em nov/2020