A reação celular induzida permite um novo sistema de classificação do biomaterial independente de sua origem

A reação celular induzida permite um novo sistema de classificação do biomaterial independente de sua origem

Compartilhar

Uma seleção dos artigos científicos mais relevantes publicados recentemente nos periódicos internacionais.

Al-Maawi S, Rutkowski JL, Sader R, Kirkpatrick CJ, Ghanaati S. The biomaterial-induced cellular reaction allows a novel classification system regardless of the biomaterials origin. J Oral Implantol 2020;46(3):190-207.

Por que é interessante: propõe a classificação dos biomateriais pela reação celular induzida in vivo.

Desenho experimental: análise histológica em 13 polímeros e 19 substitutos ósseos. Indução de células gigantes multinucleadas e taxa de vascularização após três, 15 e 30 dias.

Os achados: os materiais poliméricos foram classificados como Classe I (sem células gigantes), Classe II (células gigantes por 30 dias) e Classe III (células gigantes e aumentando por 30 dias). Os substitutos ósseos, por sua vez, ficaram como Classe I (número celular reduzido), Classe II (número constante) e Classe III (número crescente em 30 dias). A indução de células gigantes e manutenção por 30 dias geraram a desintegração do biomaterial.

Conclusão: esta nova classificação permite ao clínico verificar a adequabilidade do biomaterial no momento da enxertia.

Veja o artigo original aqui.