Correlação entre estabilidade primária (ISQ) e valores de Hounsfield (HU): estudo clínico randomizado transversal com dois tipos de implantes dentários

Correlação entre estabilidade primária (ISQ) e valores de Hounsfield (HU): estudo clínico randomizado transversal com dois tipos de implantes dentários

Compartilhar

Artigo avalia a correlação entre a estabilidade primária e os valores Hounsfield (HU) em dois tipos diferentes de implantes dentários.


AUTORES

Alexandre Campos Montenegro
Especialista em Prótese Dentária – Odontoclínica Central da Marinha; Especialista em Implantodontia e mestre em Odontologia – Universidade Federal Fluminense; Doutor em Implantodontia –
Faculdade São Leopoldo Mandic.
Orcid: 0000-0002-5189-8477.

Gonçalo Sobreira Pimentel Neto
Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial – Escola de Saúde da Marinha; Especialista, mestre e doutor em Implantodontia – Universidade Sagrado Coração.

Silvana Pizzini Montenegro
Especialista em Prótese Dentária – Odontoclínica Central da Marinha.


RESUMO

Objetivo: avaliar a correlação entre a estabilidade primária e os valores Hounsfield (HU) em dois tipos diferentes de implantes dentários. Material e métodos: 29 pacientes foram avaliados através de tomografias computadorizadas feixe cônico (TCFC) – FOV=16 cm x 6 cm; resolução=2 voxel/26,9 segundos; tempo de aquisição=8,9 segundos; 120 KVP e 18,54 mAs. Após o uso dos critérios de inclusão, eles foram selecionados aleatoriamente para instalação convencional de implantes em região posterior de mandíbula, sendo: Straumann (n=17, BLT SLActive 4,1 mm x 8 mm) e S.I.N. (n=12, Unitite 4,3 mm x 8,5 mm). No momento da instalação, a rigidez interfacial (estabilidade primária) foi avaliada três vezes (Osstell). O teste de correlação de Pearson foi aplicado para avaliar a relação ISQ X HU. Resultados: os coeficientes de correlação observados foram: R=0,44 (IC 95% [-0,50 a 0,76]) e R=0,25 (IC 95% [-0,37 a 0,72]), não sendo observada correlação estatisticamente significativa dos valores ISQ e HU para ambos os implantes (BLT, p=0,07; Unitite, p=0,42). Conclusão: dentro dos limites deste estudo, ambos os implantes forneceram o mesmo tipo de estabilidade inicial, independentemente dos valores HU aferidos com o software i-CAT Vision na região posterior mandibular.

Palavras-chave – Implantes dentários; Densidade óssea; Estabilidade; Tomografia.

Recebido em jun/2020
Aprovado em jun/2020